Transferências

São Paulo tem três trunfos para tentar manter Hernanes

A notícia de que o Hebei China Fortune tem o direito de convocar o retorno de Hernanes já em janeiro, na metade do empréstimo ao São Paulo, deixou a torcida em estado de alerta. Mas o Tricolor confia que o “Profeta” seguirá no clube ao menos até 30 de junho de 2018. E baseia essa segurança em três fatores: a Copa do Mundo na Rússia, o calendário do futebol chinês e o argentino Javier Mascherano.

Os dois primeiros estão interligados. Hernanes sabe que precisa manter o alto nível de atuação, como o que ajudou o São Paulo a não ser rebaixado em 2017, para ganhar uma oportunidade com Tite na seleção brasileira. Para isso, prefere estar em evidência como acontece no Tricolor e precisa de tempo.

No futebol brasileiro, a temporada já tem jogos desde 17 de janeiro. Na China, os jogos oficiais começam mais perto de março, mesmo mês da última convocação de Tite antes da lista final para a Copa – o Brasil enfrenta Rússia e Alemanha em amistosos. Ou seja, Hernanes teria de apostar que o técnico da seleção levaria em consideração somente o que foi feito no Brasileirão, algo improvável.

Na conta do clube chinês também pode pesar a situação de Javier Mascherano. O argentino do Barcelona é o grande sonho da equipe para a próxima temporada e a promessa é de investimento pesado para concretizar essa meta. Além de pensar no orçamento, o Hebei precisa avaliar quem serão os estrangeiros no elenco, já que o limite é de três atletas.

Fonte: UOL

 

Comentários
Topo