Destaques

Em grande fase na China, brasileiro ressurge após críticas por Copa

O gol que abriu o caminho para a vitória sobre a Sérvia ainda na primeira fase não amenizou as críticas sobre Paulinho após a Copa do Mundo. As atuações apagadas nos outros compromissos da seleção brasileira fizeram o meia deixar a Rússia em baixa após mais um Mundial.

A má fase com a camisa amarelinha foi percebida logo na primeira convocação de Tite pós-Copa: o meia não foi lembrado na lista para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador. A resposta, no entanto, veio rápida.

Sem espaço no Barcelona, Paulinho voltou ao Guangzhou Evergrande e já carrega números expressivos em seu recomeço no futebol chinês. Até agora, são oito gols marcados em oitos jogos desde que voltou à Ásia, além de cinco assistências no mesmo período.

No último sábado (25), mais uma boa atuação. Paulinho marcou o gol que fechou a vitória do Guangzhou por 4 a 1 sobre o tradicional Shandong Luneng.

“Eu vim para cá, pois acreditei no projeto que o clube tinha para minha carreira e para vencer mais esse desafio de atuar em um novo tipo de futebol. Acho que os números refletem a minha felicidade de vestir essa camisa”, disse Paulinho recentemente ao comentar a nova fase na China.

A fase de Paulinho reflete diretamente na campanha de sua equipe. O Guangzhou Evergrande acumula sete vitórias e apenas uma derrota desde a volta do meia, sendo 32 gols marcados e apenas seis sofridos.

 

Fonte: Uol

Topo